Portal O Mandacaru

Arte, balé e música brilham na abertura da Ópera da Serra da Capivara

O evento segue até sábado (29) no anfiteatro Pedra Furada.

Créditos: Paulo Barros Arte, balé e música brilham na abertura da Ópera da Serra da Capivara Arte, balé e música brilham na abertura da Ópera da Serra da Capivara

O local que é referência mundial em pesquisas arqueológicas e berço do homem americano ganhou ainda mais cor e arte. O anfiteatro Pedra Furada recebeu, na noite dessa quinta-feira (27), a abertura da Ópera da Serra da Capivara, dentro do Parque Nacional da Serra da Capivara, com apresentações artísticas e shows do "Trio que Chora", da cidade de São Paulo, e do cantor e compositor Lenine.

Antes de chegar ao parque, a programação da Ópera da Serra da Capivara foi iniciada no domingo (23), com apresentações de dança, circo e espetáculos teatrais, na Praça do Abrigo, em São Raimundo Nonato. Esta é a primeira edição do evento que põe em sintonia música, dança, teatro, imagem e cores. O anfiteatro da Pedra Furada recebeu iluminação especial com diferentes projeções que remetem às pinturas rupestres e à biodiversidade existente no parque.

“Esse evento veio para fazer parte do calendário cultural do Piauí e nós queremos que, a cada ano, mais pessoas possam participar. É uma grande oportunidade de proporcionar arte, incentivar a economia e também o turismo”, conta o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

O Balé da Escola Estadual de Dança Lenir Argento abriu a programação no anfiteatro, com o espetáculo “Ato Ancestral: a ópera”, acompanhado de uma trilha sonora especial composta pelo maestro de Curitiba, Maycon Ananias. A trilha foi gravada pela Orquestra de São Petesburgo, na Rússia. Em seguida, crianças da rede municipal de ensino de São Raimundo Nonato apresentaram a "Opereta: O reino da pedra do futuro".

“Na coreografia, nós buscamos inspiração em tudo que remete à ancestralidade e ao homem primitivo e colocamos como papel principal o próprio parque, pois este local é o grande protagonista”, diz o coreógrafo e bailarino Datan Izaká, que criou a coreografia do balé.

Nesta sexta-feira (28), além do Balé Ato Ancestral, que será apresentado novamente, a Orquestra mirim Acordes do Campestre faz apresentação. Em seguida, tem a Bossa na Pedra, com Veikko Von Furstenrencht, Quatchêto e Casuarina. A programação segue até sábado (29) e será encerrada com apresentação da Cantata Gonzaguina, com a Orquestra Sinfônica de Teresina e João Claudio Moreno. 

A Ópera da Serra da Capivara é uma realização do Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Cultura (Secult) e do Turismo (Setur), com apoio da Prefeitura de São Raimundo Nonato. 

Fonte: Ccom
Editor: Marisa Oliveira

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru