Portal O Mandacaru

Atendimento Iaspi/Plamta continua suspenso e São Marcos cancela consultas agendadas

Pagamento ainda não foi recebido por todos os hospitais

Créditos: Google Sede do Iapep Sede do Iapep

“O pagamento está sendo feito”, afirma o Governo do Piauí sobre repasse dos planos Iaspi e Plamta do mês de abril. No entanto, boa parte dos hospitais ainda estão sem atender os servidores do estado. O anúncio foi feito na última sexta-feira (20/07), mas rebatido pelo Sindicato dos Hospitais (Sindhospi).

“Só quando todos receberem o pagamento”, destacou o Sindicato à reportagem, que mantém o não atendimento nas redes de saúde. “Não mudou nada. Governo está pedindo as notas fiscais de abril, e alguns receberam – outros ainda não. A rede credenciada somente voltará quando todos tiverem efetivamente recebido o valor em conta bancária”, reiterou.

Assim, é preciso paciência e pesquisa para descobrir qual unidade de saúde voltou a atender o plano. Fica a dúvida também sobre a situação das consultas agendadas anteriormente, que podem ser canceladas. Luíza Sousa marcou uma consulta para a avó no Hospital São Marcos, mas soube que ela não vai acontecer.

“Era para ter sido hoje, mas ligaram desmarcando. Então, vou tentar ligar para outros hospitais que conheço para saber se já estão ou não atendendo. O jeito é pegar o telefone e ligar para não dar viagem perdida com minha avó”, disse a enfermeira ao OitoMeia.

Segundo confirmou a assessoria do Iaspi, a situação no Hospital São Marcos é a mais complicada. A unidade se recusou a atender os servidores, inclusive em casos de emergência na semana passada. Ela é o principal centro oncológico do estado e um dos mais referenciados no Nordeste. Piauienses de vários municípios viajam para a capital em busca de atendimento no setor, além de outras especialidades.

Segundo apurado pela reportagem, as consultas agendadas para a próxima terça-feira (24/07) também estão sendo canceladas. A informação foi dada pelo setor de atendimento. “O plano ainda não está sendo atendido e as consultas estão sendo canceladas apenas de um dia para o outro”, explicou.

Leia mais: Governo do PI deve entrar com ação judicial contra o Hospital São Marcos por omissão de socorro

HOSPITAIS NOTIFICADOS

Segundo o Iaspi, os hospitais que recusam atendimento ao plano já foram notificados e podem perder o credenciamento. “Eles já foram notificados, porque o pagamento está sendo feito e deve cair em breve nas contas de todos os hospitais em questão. O serviço deveria ser restabelecido como o Governo pediu. Eles podem perder o credenciamento, mas cada caso será analisado”, informou o órgão ao OitoMeia.

A SUSPENSÃO DO SERVIÇO

Após reunião com o Ministério Público do Piauí, os hospitais confirmaram a suspensão do atendimento aos planos Iaspi/Plamta. Eles tentavam negociar o pagamento de parcelas atrasadas que deveriam ser feitas pelo Governo do Piauí e uma mudança no cronograma de quitação lançado pelo Estado. Ficou confirmado que o pagamento de abril seria feito agora em julho, enquanto os demais em agosto. Os meses de fevereiro e março foram concluídos em junho.

O desejo dos hospitais era que o pagamento de abril e maio fosse feito no mesmo período, o que não foi acertado. Mas, para quitar as dívidas, o MP recomendou o sequestro de R$ 40 milhões da conta única do Governo para que o repasse fosse entregue aos hospitais.

Fonte: oitomeia.com.br
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru