Portal O Mandacaru

Bom Exemplo: Prefeito no Piauí corta próprio salário e de cargos comissionados em 20%

O decreto entrou em vigor ontem (1º) para que a prefeitura se adeque ao teto de gastos com pessoal

Créditos: cidadevede.com João Messias Freitas Melo - Prefeito de Batalha-PI João Messias Freitas Melo - Prefeito de Batalha-PI

Em decreto publicado nesta semana, o prefeito de Batalha (PI), João Messias Freitas Melo (PP), reduziu em 20% o próprio salário e o de todos os cargos em comissão do Município, que dista 154 quilômetros ao Norte de Teresina. 

O decreto entrou em vigor ontem (1º) para que a prefeitura se adeque ao teto de gastos com pessoal previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. A medida segue orientação do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), que  notificou Batalha e outros municípios que ultrapassaram o limite prudencial de 54%.

João Messias determinou a redução salarial das funções gratificadas, do vice-prefeito, de secretários municipais e do controlador-geral do Município. 

O portal da transparência de Batalha aponta que João Messias tinha salário bruto de R$ 14.696,64. Com o decreto, o valor cai para R$ 11,7 mil, um corte de quase R$ 3 mil. 

As medidas não se restringem ao corte nos salários. O prefeito também suspendeu qualquer aumento ou reajuste, criação de cargo ou função e contratação de horas extras, até que a Prefeitura volte ao limite de gastos com pessoal previsto em lei. Quando isso ocorrer, a redução em 20% nos vencimentos será automaticamente revogada

Fonte: cidadeverde.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru