Portal O Mandacaru

Comunidade Sítio do Mocó escreve "Carta Aberta" sobre a Ópera

Moradores estão insatisfeitos com a limitação de ingressos distribuídos para o evento

Créditos: Reprodução A COMUNIDADE DO TERRITÓRIO DA SERRA DA CAPIVARA A COMUNIDADE DO TERRITÓRIO DA SERRA DA CAPIVARA

“O festival vai dar certo doa a quem doer”, foi à fala do secretário de cultura, Fabio Novo, do estado do Piauí, na abertura oficial da Ópera da Serra da Capivara no palácio do Karnak, na capital do estado do Piauí.

Senhor secretário, pois vos dizemos, está doendo, doendo no seio da comunidade, detentora e protagonista do patrimônio cultural do Parque Nacional Serra da Capivara, que foi excluída, intencionalmente, do acesso ao festival, financiado com o nosso dinheiro – dinheiro público, em benefício de uma elite que invade sem pedir licença e se apropria de um território milenar com um discurso arrogante de que estão visando o desenvolvimento do turismo, quando na verdade todos estão usando dinheiro público para beneficiar um grupo político. Estão usando um patrimônio mundial para promoção pessoal e partidária, com consentimento dos gestores do Parque, que tanto criticaram o nepotismo e a conduta paternalista, elitista e corrupta dos políticos.

Durante séculos o nosso povo foi usurpado, atacado e exterminado pelo domínio desse rico território. O Parque foi criado e mais lágrimas foram derramadas, famílias e famílias perderam o direito de usufruto, tanto material como imaterial. Mas, o povo dessa região é resiliente e conseguiu se reerguer e amar o seu patrimônio, lutando pelo reconhecimento e direito de propriedade cultural. Anos e anos de luta, de programas educacionais, eventos de sensibilização e quando finalmente se pensava em equidade, o próprio governo piauiense chega e dá um “tapa” na cara do seu povo fazendo-o sentir-se diminuído, excluído e humilhado.

A Organização Geral do evento disse que disponibilizar os ingressos pelo site online (todos foram esgotados em menos de 20 minutos, começando a meia noite) seria a forma mais democrática – Democracia em seu lato sensu é “governo em que o povo exerce a soberania”. Pois bem, a internet é um déficit nessa região, poucos, “pouquíssimos”, têm acesso e quando os tem é de péssima qualidade, muito lenta, portanto, impossível concorrer com a velocidade de internet das grandes cidades e capitais. Esse meio de comunicação ainda funciona lentamente nessa região, ou seja, falando em processo democrático esse seria o último da lista.

A humilhação tem sido geral, nosso povo pedindo ingressos aos organizadores, implorando para assistir ao evento (até comprando os ingressos que deveriam ser doados) e recebendo respostas ásperas, duras e humilhantes, mais uma vez o coração do nosso povo sangra de dor, diante da impotência e injustiça que se faz presente na porta de um dos mais importantes patrimônios culturais da Humanidade (reconhecido pela UNESCO), que deveria proporcionar acesso irrestrito aos seus protagonistas.

Que comecem os jogos da hipocrisia. O Povo aqui fora sangra e a elite lá dentro aplaude.

A COMUNIDADE DO TERRITÓRIO DA SERRA DA CAPIVARA

Fonte: Comunidade do Território Serra da Capivara

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru