Portal O Mandacaru

Deputados aprovam constitucionalidade do projeto que aumenta imposto no Piauí

O projeto segue para a Comissão de Finanças e caso aprovado, será encaminhado para o Plenário

Créditos: Alepi Assembléia Legislativa do Piauí Assembléia Legislativa do Piauí

Por 04 votos a 02, foi aprovada a constitucionalidade do projeto de aumento de impostos proposto pelo governo do Estado. A proposta voltou a ser apreciada em reunião extraordinária nessa quinta-feira (26) e foi finalmente votada na Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa do Piauí.  

Com a aprovação, o projeto segue agora para a Comissão de Finanças, onde será analisada a questão contábil. Sendo aprovada a proposta será encaminhada para votação final, no Plenário da Alepi. 

Sessão na CCJ

Iniciada a sessão por volta das 09h30, o primeiro a se pronunciar foi o deputado da oposição, Robert Rios. E como não poderia ser diferente, o parlamentar continuou a criticar o projeto ferrenhamente. Em sua fala aproveitou também para atacar o relator da proposta, deputado Fernando Monteiro.

"Se isso fosse uma redação do Enem, o senhor estaria reprovado porque seu relatório está cheio de erros de Português", disse Robert Rios em tom de ironia.

Themístocles Filho, que não está presente na sessão, concedeu três minutos de fala a cada um dos deputados para que a sessão não extrapole o horário de 11h e acabe coincidindo com o início da sessão plenária, o que é proibido pelo regimento interno da Casa. Ao contrário da última sessão de terça-feira (24), os anônimos estão controlados.

Atendendo à solicitação da classe empresarial, Rubem Martins, também da oposição, voltou a cobrar a retirada da majoração da gasolina do projeto.

Já o deputado Marden Meneses disse que irá pedir a judicialização da proposta e a análise de artigos da matéria considerados controversos, separadamente, pelo Plenário da Alepi.

Fonte: portalaz.com.br
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru