Portal O Mandacaru

Eleições 2018: Margarete diz que é legítimo que PP busque duas vagas em chapa majoritária.

PP quer a vaga de vice e uma para o senado.

Créditos: Google Margarete Coelho Margarete Coelho

A vice-governadora Margarete Coelho (PP) afirmou que é mais do que legítimo que o Partido Progressista busque duas vagas dentro da chapa para reeleição de Wellington Dias, uma para o senado e outra de vice. 

De acordo com ela, o PP é um partido participativo no governo Wellington Dias, atribuição que o credencia a pleitear as vagas de candidaturas. 

“É completamente legítimo. O PP é um partido grande, forte, bastante participativo nessa gestão, que está viabilizando grandes obras para o Estado e para os municípios. Percebam quantidade de obras de mobilidade que vieram para o Estado por intermédio do senador Ciro Nogueira, o próprio prefeito Firmino Filho reconhece isso. Então, isso abona o partido a ter direito a essas vagas”, defendeu a vice.

Margarete lembrou que na área da saúde, o PP conseguiu no Ministério da Saúde, ambulâncias para todos os municípios. 

“A atuação em nível estadual do partido é muito grade e o PP se preparou para isso, para dar esse apoio. O senador Ciro tem dado todo destaque ao seu estado a frente da sua atuação com presidente nacional do PP e como parlamentar”, acrescentou. 

Para Margarete, a reforma política deve gerar algum resultado, embora ainda não seja possível enxergar bem o que deve ser aprovado. Ela defende o fim das coligações e a cláusula de desempenho.

“Acho que alguma coisa vai ser entregue. Para mim que estuda a legislação eleitoral, acho que grandes mudanças não são boas, acho que ajustaríamos muita coisa se acabássemos com as coligações e se tivéssemos a cláusula de desempenho”, defendeu. 

Margarete Coelho concedeu entrevista em estúdio no Jornal do Piauí nesta quinta-feira (7).

Fonte: cidadeverde,com
Editor: Redação

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru