Portal O Mandacaru

Em votação relâmpago, CPMI da JBS aprova convite a Rodrigo Janot

A CPMI é presidida pelo deputado Carlos Marun, aliado de Temer

Créditos: veja.abri.com.br Rodrigo Janot Rodrigo Janot

Após duas reuniões sem conseguir colocar em votação os mais de 200 requerimentos na pauta, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS aprovou, em cerca de dez minutos, mais de 50 dos pedidos feitos por integrantes do colegiado. Entre eles, o convite para ouvir o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, que deixou o cargo no último domingo.

Os requerimentos foram aprovados na manhã desta quinta-feira, em votação simbólica. Dos 37 parlamentares, entre deputados e senadores, que fazem parte do colegiado, apenas doze estavam presentes no momento da aprovação dos pedidos.

“Não concordo que o ex-procurador venha como investigado, mas sim como convidado. Que ele venha para tirar dúvidas. Mas que não venha um deputado para trazer ataques em tom de vingança”, afirmou o deputado Delegado Francischini (SD-PR), um dos subrelatores da CPMI. Além de Janot, a comissão ainda aprovou convite para ouvir o procurador Eduardo Pelella, que foi chefe de gabinete do ex-procurador-geral.

Fonte: veja.abril.com.br
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru