Portal O Mandacaru

Estado aumentou número de comissionados em 555%

Ministério Público recomenda redução de gastos com pessoal

Créditos: Ccom Wellington Dias (PT) Wellington Dias (PT)

O Promotor de Justiça Fernando Santos, titular da 44ª Promotoria da Fazenda Pública de Teresina, encaminhou ao Governador do Piauí, Wellington Dias, a Notificação Recomendatória nº 10/2017 a fim de que sejam adotadas algumas medidas de adequação econômicas. A medida foi tomada após o governo anunciar a possibilidade de atrasar os salários.

A resolução pede a imediata redução do número de cargos comissionados e funções de confiança e a redução do número de servidores contratados temporariamente.
As medidas estão previstas nos incisos II e V do art. 37 da Constituição Federal e ao disposto nos arts. 20, 22 e 23 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC nº 101, de 4/05/2000).

Segundo verificado no Portal da Transparência, de janeiro de 2015 a julho de 2017, houve um aumento no número de cargos comissionados exclusivos em 555%. Também foi verificado aumento do número de servidores efetivos ocupando cargos comissionados em 336% e aumento de 247% no número de servidores contratados temporariamente.

Segundo o artigo 23 da Lei Complementar n° 101, de 4/05/2000, se a despesa total com pessoal ultrapassar o limite de 46,55%, o percentual excedente terá de ser eliminado nos dois quadrimestres seguintes, sendo pelo menos um terço no primeiro. A resolução pede que adote-se, entre outras, as providências previstas nos parágrafos 3° e 4° do art. 169 da CF/88. a) redução em pelo menos vinte por cento das despesas com cargos em comissão e funções de confiança; b) exoneração dos servidores não estáveis.

No prazo de 15  dias, deverá ser comunicado à Promotoria de Justiça o cumprimento, ou não, da Recomendação.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru