Portal O Mandacaru

"Faca no pescoço":Petistas querem que Ciro apoie projeto "chapa pura" em troca de votos para senador

A faca que está no pescoço do senador é o símbolo da base governista.

Créditos: Arquivo Pessoal do Facebook. Senador Ciro Nogueira Senador Ciro Nogueira

Não há esforço gratuito na política. E os petistas não pretendem sair Piauí a fora pedindo votos para o senador Ciro Nogueira (Progressistas) só pelo fato dele ter comido um cachorro quente no Mercado do Mafuá. Eles querem algo em troca: que o senador os ajude a manter uma chapa pura para a disputa por vagas na Assembleia Legislativa do Piauí. 

Em 2014, coligado com o PTB, o PT teve mais de 218 mil votos. Superou os petebeistas em votos, mas perdeu em número de vagas conquistadas. O PTB ficou com 5 e os petistas somaram apenas 3. Daquela vez, o PT já não queria a coligação, por saber que tem mais votos de legenda, porém, um acúmulo menor nominal. O PTB tinha menos candidatos, mas por sua vez, cada um destes candidatos possuía um potencial maior de votos. O PT serviu de escada. 

Em 2018 petistas não querem isso, ainda mais coligados com o PMDB. Também não agrada a promessa de Wellington Dias: na certeza antecipada de que vai vencer as eleições, o governador já promete que vai chapar suplentes do PT para assumir cadeiras na Alepi na mesma quantidade daqueles que forem eleitos. Ou seja: se o PT eleger 3 deputados, W.Dias garante que chama mais 3 suplentes do partido. Acontece que nos cálculos do PT, o partido, sozinho, pode fazer 6 titulares. 

Mas o “chapão” entre todos os partidos da base é uma exigência dos partidos da base para que apoiem a reeleição de Wellington Dias. Assim, o PT resolveu seguir a estratégia de ameaçar Ciro Nogueira. Como é o senador a figura mais influente junto a W.Dias hoje, os candidatos proporcionais petistas lhe enviaram uma ameaça “embrulhada” numa proposta: o PT, numa chapa pura, pode trabalhar melhor pela sua reeleição. Ou seja, sem isso, o PT não vai gastar tempo com o senador. 

A ajuda que Ciro pode dar ao PT é aderir a tese de que o chapão não é a melhor estratégia e fazer o Progressistas seguirem sozinhos também. Assim o PT não seria o único partido coligado na majoritária defendendo chapa pura na proporcional. 

A faca que está no pescoço do senador é o símbolo da base governista.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru