Portal O Mandacaru

Governador desiste de viajar para obter liberação do empréstimo

A questão, que é vital para a sobrevivência financeira do estado. encontra-se agora judicializada

Créditos: Google Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias

O governador Wellington Dias suspendeu a viagem que faria ao exterior  ( Genebra e Londres), a fim de acompanhar de perto a negociação para liberação da segunda parcela do empréstimo junto à Caixa Econômica Federal. A decisão foi tomada depois que o Tribunal de Contas da União pediu o suspense do repasse dos valores que ainda não foram depositados na conta do governo.

O TCU, órgão de controle externo dos recursos da União, entende que a liberação dos empréstimos feitos pelo governo do Piauí junto à CEF só deve acontecer depois que o Executivo piauiense comprovar a regular aplicação do dinheiro que já veio na primeira parcela e de sanar as pendências referentes à prestação de contas junto ao Tribunal de Contas do Estado. O TCU determinou ainda que o governo se abstenha de transferir recursos de operações de crédito para a Conta Única do Tesouro Estadual.

Como esse dinheiro é vital para o Piauí, o Governador Wellington Dias vai se empenhar pessoalmente na negociação em Brasília, a fim de conseguir o repasse do restante do empréstimo. O governador argumenta que está respaldado na decisão do ministro do Supremo, Edson Fachin que, no último dia 24, determinou que a Caixa apresentasse, em um prazo de 72horas, o cronograma da liberação dos R$ 315 milhões restantes do empréstimo obtido pelo governo do Piauí junto à instituição bancária.

A questão, que é vital para a sobrevivência financeira do estado. encontra-se agora judicializada. E Wellington Dias vai usar todo seu poder de convencimento para obter esses recursos o mais rápido possível. Até lá, a ordem é segurar os gastos.

Fonte: cidadeverde.com/Claudia Brandão
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru