Portal O Mandacaru

GOVERNADOR PRECISA DE R$ 180 MILHÕES PARA NÃO ATRASAR SALÁRIOS

WELLINGTON DIAS ATRIBUI O DIFÍCIL MOMENTO FINANCEIRO DO ESTADO À QUEDA NO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO-FPE

Créditos: Ccom Wellington Dias (PT) Wellington Dias (PT)

O governador Wellington Dias (PT) tem a conta certa do que precisa para não atrasar a folha de pagamento dos servidores estaduais. Segundo ele, o Estado precisará adquirir R$ 180 milhões para evitar o problema. O valor é mais ou menos equivalente à perda nos repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE), o que contribuiu decisivamente para desequilibrar as finanças do Piauí, conforme justifica o governo.

“São perdas rápidas e temos que tirar esse dinheiro, entre R$ 160 e R$ 180 milhões, de algum lugar para não atrasar os principais compromissos do Estado, que são a folha de pessoal e os serviços funcionando”, disse o governador.

Para conseguir o dinheiro, Wellington anunciou medidas de contenção de gastos. Entre elas a suspensão de qualquer nova obra no Estado e ainda a paralisação de algumas que estão em andamento, sobretudo as que são executadas com recursos próprios. Além disso, deverá haver prorrogação de prazos de conclusão em obras que não serão totalmente paralisadas.

Em entrevista na quinta-feira (21), o governador admitiu que a situação financeira do Piauí é “delicadíssima” e disse que está pedindo a Deus todos os dias para que as coisas não piorem ainda mais e acarretem no atraso dos salários do funcionalismo público estadual.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru