Portal O Mandacaru

Inquérito contra Ciro Nogueira e membros do PP retorna à PGR

A denúnica trara sobre um suposto grupo criminoso organizado dentro do partido Progressista

Créditos: Reprodução Ciro Nogueira, Senador Ciro Nogueira, Senador

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, deu o prazo de cinco dias para que a Procuradoria Geral da República (PGR) analise as defesas apresentadas pelos membros do partido Progressistas, e manifeste parecer, no inquérito que apura possível crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O despacho do ministro foi assinado ontem (06).

A denúncia feita pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, relatava a "existência de um grupo criminoso organizado, comandado e articulado por políticos integrantes de diversas agremiações partidárias, com o escopo de viabilizar enriquecimento ilícito daqueles e de grupos empresariais, bem como financiar campanhas eleitorais, a partir de desvios públicos de diversas empresas estatais e entes da administração direta e indireta".

Fonte: viagora.com.br
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru