Portal O Mandacaru

Instituto dos Vaqueiros desviou R$ 70 mil de aluguel, diz MP

No Município de São Raimundo Nonato, por exemplo, foram instaladas 7 tendas, 5 estandes e 3 tablados

Créditos: Reprodução Vaqueiro Vaqueiro

No Município de São Raimundo Nonato, por exemplo, foram instaladas 7 tendas, 5 estandes e 3 tablados. Pelo convênio o valor usado seria R$ 170 mil, mas foi desembolsado R$ 240 mil.

O Instituto Cultural dos Vaqueiros Piauienses (ICVP), de Campo Maior, está sendo processado pelo Ministério Público do Estado por irregularidades em contratos com a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi). Dentre as denúncias do processo, está a acusação de desvio R$ 70 mil de dinheiro público na locação de estruturas temporárias – tendas e estandes.

Uma esquipe de auditores constatou que a instalação desses equipamentos custou em torno de R$ 8.500,00, por cada evento. Registrou-se que três convênios abrangeriam 20 ações de atendimentos, em 20 municípios, o que daria um total de R$ 170 mil. No Município de São Raimundo Nonato, por exemplo, foram instaladas 7 tendas, 5 estandes e 3 tablados.

Pelas notas fiscais apresentadas pelo Instituto dos Vaqueiros, tem-se um total de R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil) desembolsados a título desta despesa nos três convênios, restando, então, a diferença de R$ 70.000,00, valor este cuja destinação é desconhecida pelo Ministério Público.

A Promotora de Justiça responsável pelo caso, Leida Diniz, pede que a restituição ao erário seja providenciada.

Fonte: Informações do SaoRaimundo.Com

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru