Portal O Mandacaru

Jesus aposta que "traições" na base e na oposição podem mudar cenário eleitoral no Piauí

Pré-candidato diz que PSOL é um partido pequeno querendo avançar

Créditos: 180graus.com Imagem: Reprodução Imagem: Reprodução

O ex-deputado federal Jesus Rodrigues, hoje pré-candidato ao Senado pelo PSOL, avalia que a ausência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha presidencial não deve afetar a empreitada governista de se renovar no poder, no Piauí. Contudo, pontua que as divergências e "traições" na base podem complicar a vida do líder petista.

"O Wellington Dias no cenário que temos hoje, como candidato, com as pesquisas indicando que ele está bem e que os adversários não conseguem decolar, com Lula livre ou não, não interfere na eleição do estado. O que pode interferir é esta arrumação das forças, a base que fica muito grande e pode pular fora um ou outro, as traições entre os blocos, situação ou oposição, que podem se aglomerar de uma forma diferente do que temos hoje, tudo pode mudar, tudo é possível", avalia.

O pré-candidato reconhece ainda que nem o PSOL, por ser uma legenda menor, consegue impor de maneira sistemática ações de oposição a Wellington. "Não temos uma oposição clara e consistente ao Wellington, infelizmente eu incluo o PSOL que não consegue de maneira sistemática incorporar ações de oposição contra o governador, somos um partido pequeno querendo avançar".

Fonte: 180graus.com
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru