Portal O Mandacaru

João Henrique diz que ganhará ainda mais fácil na convenção de julho

O ex-ministro acredita que a cada dia que passa Wellington se desgasta mais

Créditos: politicadinamica.com João Henrique ao lado de Castro após reunião (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica) João Henrique ao lado de Castro após reunião (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O ex-ministro João Henrique Sousa aceitou a decisão da Executiva Estadual do PMDB de não realizar uma convenção extraordinária em janeiro. Na manhã desta segunda-feira (2), os peemedebistas decidiram que seria “inconveniente” realizar o encontro deliberativo no começo do ano sendo que haverá a convenção principal em julho.

Para o ex-ministro, que havia proposto a realização da convenção extraordinária, em julho será ainda mais fácil ele sair vitorioso com sua tese de candidatura própria. João Henrique acredita que até lá o governo de Wellington Dias (PT) vai se desgastar ainda mais e novos partidários vão abraçar a ideia de não apoiar a reeleição do petista.

“Nós tivemos uma reunião extremamente respeitosa, onde os lados ficaram respeitando um ao outro. Ao final, concluímos de que iremos à convenção. Eu me preparo e estarei, sem dúvida alguma, na convenção com a tese da candidatura própria. Agora eu tenho que andar mais e em julho eu espero ser vitorioso na convenção”, falou.

Após a gravação da entrevista, ele revelou que possui pesquisa interna que o aponta com 15% das intenções de voto, contrariando, segundo ele, integrantes do próprio PMDB que o criticam dizendo que ele não tem sequer 1%. Foi na mesma conversa, já sem ser gravado, que João Henrique afirmou que será ainda mais fácil vencer na convenção de julho.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru