Portal O Mandacaru

Juiz indefere pedido de investigado na AIJE que pede a cassação de Gil Carlos

A audiência com as oitivas de testemunhas já havia sido designadas há pelo menos três meses.

Créditos: Wilson Filho Gil Carlos (PT), Prefeito de São João do Piauí Gil Carlos (PT), Prefeito de São João do Piauí

O Juiz eleitoral da 20ª de São João do Piauí, Maurício Machado Queiroz Ribeiro, indeferiu o pedido do investigado Gustavo Barbosa Nunes no processo de cassação contra o prefeito Gil Carlos. De acordo com o despacho do juiz, Gustavo alegou que o investigado Francisco das Chagas Lima não foi devidamente notificado para apresentar defesa.  

No despacho, o juiz disse que a legislação eleitoral fala em notificação, não deixando expresso ser ela pessoal nem impedindo que seja feita pelos correios, tanto que outros dois investigados, José de Araújo Dias e Vicente Sobrinho, foram notificados por AR e apresentaram defesa. O mesmo ocorreu com o investigado Francisco das Chagas Lima.

O juiz eleitoral, no mesmo despacho diz que não restam dúvidas de que o investigado foi devidamente notificado e tomou conhecimento dos fatos a ele imputados. Mais ainda, por mais simples que tenha sido a resposta do referido investigado (Francisco das Chagas Lima), por meio de ofício, ele acostou diversos documentos e entrou no mérito dos fatos a ele imputados quando afirmou “que não houve celebração de nenhuma parceira/convênio...” com o Município de São João do Piauí em período proibitivo.

A audiência com as oitivas de testemunhas já havia sido designadas há pelo menos três meses.

Fonte: portalmandacaru.com.br
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru