Portal O Mandacaru

Justiça do Trabalho derruba decisão de Carmelita Castro

Justiça do Trabalho determina que servidoras lotadas por Carmelita continuem à disposição

Créditos: ASCOM do Sindicato Presidente do SINDSERM - Andréia Alves Presidente do SINDSERM - Andréia Alves

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Raimundo Nonato (Sindserm), professora Andreia Alves, informou nesta segunda-feira (14), que a instituição obteve liminar junto à Justiça do Trabalho, para que as servidoras Maria Risoneide Dias, vice-presidente e Maria Lucia Pereira, tesoureira, continuem à disposição do sindicato, para desenvolver atividades sindicais de interesse das categorias filiadas à instituição.

As duas servidores fazem parte da diretoria do sindicato e tinham sido lotadas pela Prefeitura de São Raimundo Nonato através da Secretaria de Educação. De acordo com a presidente do Sindserm a decisão do governo pode ter ocorrido com objetivo de dificultar a atuação do sindicato em defesa dos servidores, pois nos últimos meses este tem intensificado a luta a favor das categorias. Ela avalia ainda que a prefeita poderia ter evitado esse desgaste desnecessário.

Andreia Alves participou do jornal da Cultura nessa segunda feira e lamentou o ocorrido. “Saiu a liminar na sexta feira, hoje já recebemos o informativo da secretária dizendo do conhecimento da liminar e a partir desse momento essas servidoras estão à disposição do sindicato. Então, para que um transtorno como esse? Foi necessário o ajuizamento dessa ação para mostrar um direito que é do servidor.” Finalizou.

Fonte: SINDSERM

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru