Portal O Mandacaru

Marcelo Castro diz que denúncia contra Temer é "perseguição"

Desta vez, o parlamentar não deve viajar para se esquivar da votação

Créditos: Reprodução Deputado Federal, Marcelo Castro (PMDB-PI) Deputado Federal, Marcelo Castro (PMDB-PI)

O deputado federal Marcelo Castro (PMDB) disse nesta segunda-feira (23) que ainda está analisando "com profundidade" sobre como vai votar a segunda denúncia contra Michel Temer. Apesar disso, afirmou que trata-se de uma perseguição ao presidente. Na primeira denúncia, Castro não apareceu na votação após passar vários dias sem revelar como votaria.

"Eu ainda estou analisando, vendo em profundidade essa denúncia. O que posso adiantar é que ela chega grandemente enfraquecida. Primeiro pelos escândalos e a participação do Janot nessa confusão toda. Então já perde um pouco a autoridade que tinha na primeira. Depois, todo mundo tá percebendo que é uma perseguição desnecessária. A denúncia deveria ser uma só, mas fatiaram para criar um clima de trauma que prejudica o país", falou.

Questionado sobre o que está faltando para tomar a decisão, Castro sorriu e disse que só falta "chegar a hora". Ele garantiu que dessa vez irá comparecer à sessão na Câmara dos Deputados. A votação da denúncia vai ocorrer na próxima quarta-feira (25) e com esse discurso o deputado piauiense sinaliza que irá votar com Temer.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru