Portal O Mandacaru

Marden Menezes defende criação de um programa estadual de combate a depressão

"O presente requerimento tem uma importância muito grande, pela situação de saúde pública"

Créditos: ALEPI Marden Menezes Deputado Estadual (PSDB) Marden Menezes Deputado Estadual (PSDB)

A realização de uma audiência pública para debater a necessidade da criação pelo Poder Público Estadual de um programa de combate à depressão, no Piauí, foi solicitada pelo deputado Marden Mensezes (PSDB), na abertura dos trabalhos no plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), na manhã desta terça-feira, dia 01 de agosto de 2017.  

“O presente requerimento tem uma importância muito grande, pela situação de saúde pública em que nós vivemos, hoje,  no Piauí. Nosso Estado é campeão, infelizmente, pelo índice de suicídio que acontece em nosso território. O Piauí tem uma taxa de quarenta e três por cento maior do que a média nacional de suicídios “,  observou o parlamentar, durante sua defesa, na tribuna, ao requerimento.Segundo ele, no Brasil a taxa é de 5,3 mortes, por cem mil habitantes, enquanto que no Piauí essa taxa chega a 7,6 mortes. 

E em cidades como o município de Oeiras e Piripiri, acontecem inúmeros casos de suicídios, principalmente, nos últimos anos, motivo pelo qual ele apresentou o projeto.Ele enfatizou que inicialmente, o projeto visava criar a Semana de Combate à Depressão no Estado do Piauí, por ser a depressão a principal causa para o suicídio. 

“Observando a repercussão desse projeto junto a sociedade e a quantidade de ligações e e-mails que recebemos, de professores, educadores e profissionais da área de saúde, nós entendemos que é necessária uma discussão mais ampla e mais profunda, a respeito desse tema de grande relevância, para a população piauiense”, ressaltou.Marden Menezes disse ainda que depois disso, entendeu que é possível o governo criar uma rede de combate à depressão em todo o Estado, envolvendo órgãos públicos, principalmente a Educação e a Saúde, no que tange ao poder público Estadual  e, se possível, envolvendo os municípios piauienses. 

No documento o parlamentar pede que sejam convidados para participara da referida audiência, o secretário de Estadual de Saúde, Florentino Neto, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Silvio Mendes, o presidente do Conselho Regional de Medicina, do Conselho de Psicologia e representantes das universidades Estadual e Federal, de igrejas e entidades.  

Fonte: ALEPI

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru