Portal O Mandacaru

MDB quer "chapão" e diz que não aceita PT lançar chapa pura

Deputado Zé Santana diz que PT vai ter quer fazer coligação na chapa proporcional

Créditos: politicadinamica.com MDB reafirma cobrança por chapão proporcional (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica) MDB reafirma cobrança por chapão proporcional (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

Além de reivindicar a vaga de vice-governador na chapa majoritária de Wellington Dias (PT), o MDB também coloca no mesmo grau de importância a composição da chapa proporcional. A sigla quer que os grandes partidos da base aliada do governador entrem na disputa proporcional em uma única chapa, o famoso “chapão”. O MDB não abre não dessa ideia.

O deputado estadual Zé Santana (MDB) disse nesta segunda-feira (16) na Assembleia que em todas as eleições que já ocorreram no Piauí o partido que indica o candidato a governador teve que se coligar com as siglas aliadas. A afirmação do emedebista deixa claro que o MDB vai exigir até o fim a formação de uma coligação proporcional, diferente do PT, que já decidiu internamente marchar em uma chapa pura.

“Devemos continuar pleiteando e reivindicando o mesmo que reivindicamos desde o início, que é a composição da chapa majoritária e a coligação proporcional no chapão. Como é visto e sabido, em todas as eleições no Piauí sempre ocorreu de que partido que indica candidato a governador nunca deixou de fazer coligação proporcional com os demais”, falou.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru