Portal O Mandacaru

Ministério Público entra com ação na Justiça Federal contra Maternidade Evangelina Rosa

Foi constatado problemas na estrutura física, falta de medicamentos e materiais

Créditos: clubenoticias.com Imagem: Reprodução Imagem: Reprodução

O Ministério Público do Piauí (MPPI) ajuizou na Justiça Federal nesta sexta-feira (6) uma ação contra as denúncias da Maternidade Dona Evangelina Rosa. Em junho, uma comissão de fiscalização visitou a maternidade e constatou problemas na estrutura física e falta de medicamentos e materiais para exames. No mesmo mês, três casos de mortes de mulheres por infecção foram confirmados pela promotoria.

Diante das denúncias, o Conselho Regional de Medicina (CRM) chegou a decretar indicativo de interdição ética e a direção da Maternidade prometeu tomar medidas emergenciais para investigar os casos suspeitos de infecção hospitalar. Um relatório da Comissão de Controle Hospitalar (CCH), da própria maternidade, já alertava sobre o aumento do número de infecções, principalmente nos casos de feridas operatórias, e que a limpeza terminal (para a desinfetar o ambiente de bactérias) não estava sendo realizada.

Na ação proposta pelo Ministério Público estão medidas urgentes para resolver pelo menos parte dos problemas, inclusive aplicando multa pessoal aos gestores, caso as soluções não sejam aplicadas dentro de um prazo estabelecido. Para o órgão, as irregularidades põem em risco a vida de gestantes e recém-nascidos.

Fonte: clubenoticias.com
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru