Portal O Mandacaru

Ministro da Saúde entrega carro fumacê para o município de São Raimundo Nonato

São Raimundo está entre as cidades que mais registraram casos de dengue, chikungunya e zika

Créditos: Reprodução Ministro Ricardo Barros Ministro Ricardo Barros

Dia 8 de dezembro é marcado como Dia Nacional em Combate ao Aedes aegypti. Para reforçar essa luta perante à população, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, entregará três carros fumacê para as regionais de saúde dos municípios de São Raimundo Nonato, Bom Jesus e Piripiri. A entrega  foi na sexta-feira (8), na Associação Piauiense de Municípios (APPM), em Teresina.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), dentro das atividades prioritárias, vem trabalhando o enfretamento ao mosquito Aedes aegypti e potencializando as ações de promoção e prevenção.

Dengue, chikungunya e zika 

Segundo os dados epidemiológicos, houve uma redução de 2,1% nos casos de dengue, em relação ao mesmo período de 2016. De 01 de janeiro a 29 de novembro deste ano, foram 5.112 casos notificados em 129 municípios.

Em relação à chikungunya, foram 6.299 casos notificados em todo o estado, registrando aumento de 205,5% em relação ao mesmo período de 2016. As maiores incidências de chikungunya por 100 mil habitantes foram registradas nas cidades de Francinópolis, Cajueiro da Praia,  São Raimundo Nonato, Várzea Branca e Luis Correia.

Os casos de zika registraram diminuição, quando comparados os anos de 2016 e 2017, com 216 e 155, respectivamente, não apresentando novos casos. 

É um momento de se preparar para o período chuvoso que se aproxima, explica Florentino Neto. “Para isso, é necessário que verifiquemos a situação dos nossos quintais das nossas residências. Estamos fazendo um chamamento para que toda população, assim como as instituições e todos os gestores municipais, se mobilizem para combater o Aedes aegypti”, completa o secretário.

Piauí no combate ao Aedes aegypti

A Secretaria de Estado da Saúde está sempre vigilante no combate ao mosquito e realiza diversas ações e parcerias durante todo o ano. Todas as regionais de saúde do Estado foram orientadas pelos técnicos da Secretaria da Saúde a estreitar entendimentos com as outras áreas com o intuito de mobilizar municípios vinculados e demais parceiros para a intensificação de esforços e boas práticas na luta contra o mosquito Aedes.

São realizadas constantemente pesquisas de infestação e consolidação do levantamento de dados do comportamento e presença do mosquito em cada região dos municípios, além de capacitações constantes com os gestores, profissionais de saúde e agentes de endemia.

Em Parceria com a Secretaria de Estado da Educação, na Semana Saúde na Escola a Saúde, orientou os estudantes das escolas públicas sobre a temática, com ações de limpeza do ambiente escolar, identificação de possíveis focos do mosquito, palestras sobre o ciclo do Aedes aegypti e os sintomas da dengue, zika e chikungunya. Para isso, conta com a articulação entre escolas e equipes de saúde da Atenção Básica.

Foram distribuídos 25 mil kits educativos em combate ao Aedes aegypti para alunos do ensino fundamental da rede pública. Os kits são compostos por jogos, cartilha e quadrinhos com orientações aos alunos da rede pública no combate ao mosquito. De forma lúdica, cartilha e jogo de tabuleiro ensinam a identificar os possíveis locais onde a fêmea pode depositar ovos, acompanhando ainda um CD interativo e um bloco para o check list de verificação dos focos na vizinhança. Essa ação integra o Programa Saúde na Escola (PSE).

Fonte: portalsrn.com.br
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru