Portal O Mandacaru

Motim em penitenciária de Floriano deixa presídio destruído: “Quebraram tudo”

Secretário de Justiça, Daniel Oliveira, culpa a greve dos agentes penitenciários pelo ocorrido

Créditos: oitomeia.com.br Presidio Vereda Grande Presidio Vereda Grande

A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), com apoio das forças de segurança pública do Estado, controlou, às 13h desta quinta-feira (21), um motim que aconteceu na Penitenciária Regional de Floriano, conhecida como Vereda Grande.

O secretário de Justiça, Daniel Oliveira, afirma que a motivação dos presos para se amotinarem foi o não cumprimento, por parte do “comando de greve”, da determinação do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) para que os servidores retornem às atividades.

“Vamos comunicar, na Justiça, por meio da Procuradoria Geral do Estado, o fato de o tal ‘comando de greve’ não estar cumprindo com a determinação judicial de permitir que as visitas entrem com sacolas nos presídios e vamos cobrar para que arquem com o gasto que teremos que fazer na recuperação da unidade”, afirma o gestor.

O secretário alega que o comando de greve já está há 10 dias prejudicando muitas ações no sistema prisional, além de não cumprir na integralidade a determinação do TJ, ao boicotar a entrada de familiares com sacolas ou alimentos e pertences para os presos”.

Controlado o motim, os presos dos três pavilhões da unidade penal – que tem 380 detentos – foram colocados na área de contenção. Os danos nos três pavilhões da unidade foram de média proporção, de acordo com a Secretaria de Justiça.

O OitoMeia entrou em contato com o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sinpoljuspi) e foi informado que a situação havia sido controlada, mas que a penitenciária estava quebrada. “O pavilhão a, b e c começaram a quebrar tudo. Jogaram [detentos] pedras no agentes. Pegaram os ferros, que facilmente eles tiram dos pavilhões, e vieram armados para os agentes. Muitos PM’s estiveram auxiliando os agentes, bem como agentes de folga, para controlar a situação. Cada um fez sua função”, conta José Roberto, presidente do sindicato.

Fonte: oitomeia.com.br
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru