Portal O Mandacaru

Norberto Campelo não quer nenhum partido aliado a Wellington

Advogado diz que gestão do governador é amadora

Créditos: politicadinamica.com Norberto Campelo é cotado para ser candidato ao Governo do Estado em 2018 (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com) Norberto Campelo é cotado para ser candidato ao Governo do Estado em 2018 (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

O advogado e ex-presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Norberto Campelo, disse que não vai se filiar a nenhum partido que componha a base do atual governador Wellington Dias (PT). A afirmação foi feita nesta segunda-feira (2) em entrevista quando ele chegava no evento de lançamento do Podemos no Piauí. A filiação dele era cogitada, mas não aconteceu. O Podemos é presidido no Estado pelo deputado federal Silas Freire, aliado de Wellington.

“Eu preciso avaliar [se vou para o Podemos], porque eu não me filiarei a nenhum partido que componha com o atual governo. Eu não quero participar da política para ser apenas mais um. Eu acho que política é missão e como missão, obviamente, só faz sentido eu ingressar num partido ou movimento que comungue das minhas mesmas ideias. Se eu acho que o modelo de gestão implementado hoje no Piauí é ruim, que traz prejuízos para a sociedade, não faz nenhum sentido eu participar de qualquer partido que o apoie”, falou.

Norberto diz que está aguardando e vai esperar um pouco mais para saber como o Podemos vai se comportar no Piauí. Segundo ele, é preciso conhecer a situação de cada partido, avaliar melhor o cenário e também conhecer a situação da oposição no Estado. O advogado disse que está colaborando com a organização da oposição no Piauí e depois vai tomar uma decisão definitiva sobre filiação partidária. Ele ressaltou que não há condições do Piauí e do Brasil continuar com os atuais modelos de gestão.

“A gente precisa evoluir a gestão no Brasil. Não é possível a gente fazer gestões como a que temos no momento, amadoras, clientelistas e que fazem política com acomodações muitas vezes incompreensíveis apenas para se manter no poder. Isso a gente tem que combater veementemente, sendo candidato ou não”, disse o advogado.

Fonte: politicadinamica.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru