Portal O Mandacaru

Novo presidente do PSDB assume e defende candidatura de Firmino

Firmino disse que existe na sociedade atual uma ilusão de que a tecnologia substitui a política

Créditos: cidadeverde.com Firmino Filho Firmino Filho

O novo presidente do PSDB no Piauí, deputado estadual Firmino Paulo, assumiu na manhã deste sábado (11) o cargo e anunciou três metas para seu mandato à frente da executiva. A principal delas é trabalhar para que o partido ocupe posição de destaque em uma chapa majoritária para as eleições 2018. É de interesse do ninho tucano lançar o nome do prefeito Firmino Filho ao governo estadual. 

“Agora vamos buscar conversar com a população para que possamos formar uma chapa majoritária. Nós defendemos o nome do prefeito Firmino Filho, que é um nome já gabaritado. São 3 mandatos de trabalho na cidade de Teresina, está no quarto, e ele vai avaliar no momento certo”, disse, ressaltando que a construção da chapa será com partidos de oposição.

“Esperamos que o PSDB saia fortalecido de todo esse processo”, acrescentou.

A convenção estadual do PSDB acontece no plenarinho da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). A outra missão de Firmino Paulo, também desafiadora, é levar o partido à Câmara Federal em 2019.

“Queremos buscar nomes que venham a compor e possamos eleger um deputado federal”, destacou.

A ampliação da bancada do partido na Alepi também está nos planos do novo presidente. “Vamos levar o PSDB para, em nível estadual, ampliar a base buscando cada vez mais candidaturas proporcionais. Hoje somos 3 deputados estaduais e nossa intenção é aumentar essa bancada”, finalizou.

Em seu discurso, Firmino disse que existe na sociedade atual uma ilusão de que a tecnologia substitui a política e, por isso, defendeu os partidos.

"De que é um mal desnecessário e que pode ser escanteado. Não é verdade. Só existe política através dos partidos. Só tem democracia através dos partidos. Só se faz avançar através dos partidos. Precisamos fazer uma reforma política que fortaleça aqueles partidos que representam as várias correntes de opinião do nosso país. Por isso precisamos de um PSDB forte.

Para Firmino, o PSDB nacional vive um momento de transição e não de conflitos. "Vivemos um momento de transição. Aquela primeira geração que criou o partido está pouco a pouco saindo e surge uma nova geração de líderes do partido. O partido hoje não vive um conflito, vive um processo de transição", declarou.

O ex-presidente do PSDB, Marden Menezes, prestou conta dos 4 anos que ficou no comando da sigla. "Motivar as lideranças não é tarefa fácil quando o partido está na oposição. Todas as minhas contas de gestão estão aprovadas", disse.

Parlamentares da oposição como Robert Rios (PDT), Rodrigo Martins (PSB), Gustavo Neiva (PSB) e Átila Lira (PSB) participaram do evento. A vice-governadora Margarete Coelho (PP) também prestigou o evento tucano.

Fonte: cidadeverde.com
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru