Portal O Mandacaru

Ópera consagra Serra da Capivara com arte e tecnologia

O evento realizado no anfiteatro Pedra Furada reuniu um público de 1.300 pessoas por noite

Créditos: Joaquim Neto Ópera consagra Serra da Capivara com arte e tecnologia Ópera consagra Serra da Capivara com arte e tecnologia

O local com o maior número de sítios arqueológicos das Américas e de rica biodiversidade, no meio da Caatinga, recebeu um evento que agregou turismo, cultura e economia. A primeira edição da Ópera da Serra da Capivara levou ao anfiteatro Pedra Furada, em São Raimundo Nonato, espetáculos de teatro, dança, música, imagem e cores, em apresentações ecléticas, que ressaltaram a beleza desse cenário natural. A ópera foi realizada de 27 a 29 de julho e reuniu um público de 1.300 pessoas por noite.

Os espetáculos a céu aberto valorizaram o monumento da Pedra Furada, proporcionando ao público diferentes emoções. O “Ato ancestral”, show que abriu todas as noites do evento, foi apresentado pelo corpo de baile da Escola de Dança Lenir Argento. O balé recontou a história do homem americano, do ancestral ao contemporâneo, conduzido pelo DNA humano até desprender-se da sua biologia, da invenção do fogo à fabricação de instrumentos.

Cada noite do evento teve um tema característico, que serviu de inspiração para a iluminação da Pedra Furada. Por meio do recurso gráfico do vídeo mapping, o monumento se tornou protagonista da ópera. O acesso ao evento foi limitado devido à capacidade do parque, que está numa área de preservação ambiental.

“Esse evento veio para fazer parte do calendário cultural do Piauí e nós queremos que, a cada ano, mais pessoas possam participar. É uma grande oportunidade de proporcionar arte, incentivar a economia e também o turismo”, afirma o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

A última noite da Ópera contou com a apresentação da Cantata Gonzaguiana com a Orquestra Sinfônica de Teresina e João Cláudio Moreno, show que mistura música popular brasileira com o som erudito. Chico Terto com o espetáculo "Para além das estrelas", baseado em trilha sonora original, apoiou-se na geografia natural do local e por meio de elementos de palco, sons, música e luz, fez uma recriação do testemunho das experiências culturais das Américas. O grupo Brilho do Sol, de São Raimundo Nonato, apresentou “A dança do vaqueiro” e Nicolas Krassik encerrou o evento com show vibrante.

A Ópera da Serra da Capivara é uma realização do Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Cultura (Secult) e do Turismo (Setur), com apoio da Prefeitura de São Raimundo Nonato.

Fonte: Ccom
Editor: Marisa Oliveira

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru