Portal O Mandacaru

Ópera Serra da Capivara contará com internet livre disponível ao público

Conectividade vai permitir que o evento seja registrado e compartilhado do Piauí para o mundo

Créditos: Reprodução Ópera Serra da Capivara Ópera Serra da Capivara

Entre os dias 27 e 29 desse mês a primeira edição do ‘Ópera da Serra da Capivara’ vai reunir dança, circo, música, teatro e balé no Parque Nacional Serra da Capivara, mais especificamente no anfiteatro da Pedra Furada, um dos cenários do local. O Governo do Piauí, por meio da Agência de Tecnologia da Informação do Estado (ATI), também vai disponibilizar pontos de internet livre para que o público e a população possam se comunicar, registrar e divulgar o evento em tempo real.

“A ATI contribui com o evento fornecendo toda a infraestrutura de telecomunicações para internet e dados, assim estamos lá com dois links, totalizando pelo menos 100 megabits para atender não somente a toda a imprensa nacional e internacional que estará presente, mas também as pessoas que estarão lá participando como visitantes ou de outra forma”, fala o diretor-geral da Agência de Tecnologia, Avelyno Medeiros. De acordo com o gestor, o órgão disponibilizou uma equipe técnica para realizar o acompanhamento e garantir a qualidade do serviço que vai ser prestado durante os três dias.

“É importante a ATI disponibilizar internet em vários pontos do evento Ópera da Serra da Capivara, pois viabiliza a troca de informações com quem não pode, de alguma maneira, estar presente e possibilita a amplitude cultural”, conta a são-raimundense e enfermeira Vanessa Bezerra.

Em 1991, o Parque Nacional Serra da Capivara, localizado entre os municípios de Coronel José Dias, Canto do Buriti, São João do Piauí e São Raimundo Nonato, foi inscrito na lista de patrimônio cultural da humanidade da UNESCO. Anualmente o espaço recebe cerca de 30 mil turistas. Entre os objetivos do evento está exatamente o fortalecimento do potencial turístico do parque.

“O acesso à internet no ‘Ópera’ engrandece ainda mais o evento, visto que será um pouco afastado da cidade, então a gente não perde a conectividade. É importante também para divulgar o evento em tempo real, um evento dessa magnitude a gente não pode deixar de divulgar e mostrar para outras pessoas o que está acontecendo, então a gente só tem a ganhar, estão todos de parabéns”, congratulou o professor universitário Itamar.

Parcerias

De 20 a 23 deste mês a Agência de Tecnologia da Informação do Piauí foi parceira e contribuiu com serviço de internet e conectividade para o Festival do Peixe, realizado no município de Esperantina, localizado a 190 quilômetros de Teresina.

Já entre os dias 28 e 30 a ATI também se fará presente no Cânion Fest Poty, que será realizado em Castelo do Piauí, situado a 198 quilômetros da capital. Somado ao Ópera da Serra da Capivara, o Governo mostra alinhamento com a produtividade, a cultura e o desenvolvimento de seus municípios.

“Temos observado que a internet livre é um modelo de serviço público que tem se multiplicado e vem sendo ampliado constantemente, então cada vez mais gestores de municípios, gestores estaduais que participam desses eventos sazonais nas cidades tem nos solicitado a instalação de pontos temporários durante as festividades e comemorações, isso é muito bom, é positivo porque ajuda a divulgar as potencialidades do estado, ajuda a inserir conteúdo sobre esses eventos nas redes sociais, dando visibilidade para os eventos, explica Avelyno Medeiros.

Segundo o diretor, o ganho com essas parcerias acontece em escala. “Pois contribui naturalmente com o próprio evento e para o desenvolvimento econômico da região, para a geração de renda que são metas do Governo do Piauí, é isso o que tem acontecido, então esperamos cada vez mais essa demanda ser crescente, estamos trabalhando e nos preparando para atender cada vez melhor os pedidos que estão chegando dos gestores públicos de vários municípios”, conclui.

Fonte: Oito e Meia

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru