Portal O Mandacaru

Piauí e mais 4 estados podem não ter recursos disponíveis para 13º salário

Governo está deixando outras despesas de lado para não deixar os servidores na mão.

Créditos: cidadeverde.com Imagem: divulgação Imagem: divulgação

Um levantamento do Estadão destaca que, cerca de 1,5 milhão de servidores estaduais, correm o risco de não receber o 13º salário até o fim do ano e cita o Piauí como o Estado que não sabe como pagará a segunda parcela, apesar de ter uma situação mais cômoda do que em outras partes da federação. 

Em situação fiscal delicada, segundo o levantamento, estão o Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Minas Gerais que já enfrentam dificuldades mensalmente para levantar recursos para arcar com a folha de pagamento e seus funcionários devem penar para receber o salário extra. 

O Piauí, com 99 mil servidores e uma folha de R$ 365 milhões, já pagou aproximadamente R$ 180 milhões em 13º salário neste ano – os funcionários recebem a primeira parcela no mês de aniversário. Para quitar o restante, porém, ainda não há recursos disponíveis.

“Estamos pagando só as despesas essenciais para tentarmos cumprir o prazo (de pagamento), que é 20 de dezembro”, diz o superintendente do Tesouro, Emílio Júnior ao Estadão.

Todos os anos, o Estado precisa levantar recursos extraordinários para arcar com o salário extra, de acordo com Júnior. Neste ano, o governo espera levantar recursos com o Refis, que permitirá que os contribuintes parcelem suas dívidas. “Essa é a luz no fim do túnel”, acrescenta.

Fonte: cidadeverde.com
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2017 - Portal O Mandacaru