Portal O Mandacaru

Policia Federal: Gabinete e casa do senador Ciro Nogueira são alvos de operação

O parlamentar piauiense estava em Portugal com a esposa, a deputada Iracema Portela

Créditos: cidadeverde.com Senador Ciro Nogueira Senador Ciro Nogueira

Polícia Federal cumpriu mandado de busca nesta terça-feira (24) no gabinete (anexo 1, 3º pavimento do Senado Federal) e residência em Teresina do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP. 

Além do senador piauiense, houveram buscas no apartamento funcional do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE). Agentes da PF chegaram nas primeiras horas da manhã no gabinete e no apartamento do parlamentar.

Defesa do senador Ciro Nogueira

Em nota, o advogado Antonio Carlos de Almeida e Castro, o Kakay, disse que a defesa do senador Ciro Nogueira está acompanhando as buscas que estão sendo realizadas na residência e no gabinete do senador.

“O senador se encontra fora do Brasil, não sabendo em qual país e que não foi possível ainda falar com ele. Desconhece a defesa, até o presente momento, as razões da determinação judicial do Ministro Fachin. É certo que o senador sempre se colocou à disposição do Poder Judiciário, prestando depoimentos sempre que necessário e, inclusive, já foi alvo de busca e apreensão. Continuará a agir o senador como o principal interessado no esclarecimento dos fatos. No momento, a defesa aguarda contato com o senador para poder ter o necessário instrumento de poderes que dará direito ao acesso aos fundamentos da medida de busca e apreensão”, disse Kakay.

Segundo a assessoria do senador, ele está em missão oficial em Bruxelas, na Bélgica, participando de um evento da Organização Mundial do Comércio (OMC) de 24 a 26 de abril.

Além do mandado de prisão contra o ex-deputado federal Márcio Junqueira, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão. Além dos gabinetes ocupados pelos parlamentares no Congresso Nacional e dos respectivos apartamentos funcionais, em Brasília, foram realizadas buscas em endereços residenciais na capital federal, em Teresina (PI), Recife (PE) e Boa Vista (RR).

As investigações apuram uma suposta tentativa de obstrução de Justiça. De acordo com investigadores, Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira são suspeitos de comprar o silêncio de um ex-assessor do senador que vem colaborando com a Justiça. O assessor detalhou que recebia o pagamento em espécie e quem repassava o dinheiro era o ex-deputado Márcio Junqueira.

Segundo investigadores, o ex-assessor colabora com diversas investigações no âmbito da Lava Jato e teria sido ameaçado de morte. Por conta das ameaças, ele foi incluído no programa de proteção à testemunha.

Matéria original

A Polícia Federal (PF) está cumprindo mandado de busca nesta terça-feira (24) no gabinete e na casa do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) e também no gabinete do senador Ciro Nogueira (PP-PI) no Congresso Nacional.

O mandado foi autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator dos processos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). A investigação é sobre tentativa de obstrução de Justiça.

A operação foi deflagrada em conjunto com a Procuradoria Geral da República. A PF também cumpre um mandado de prisão contra o ex-deputado Márcio Junqueira, de Roraima.

De acordo com denúncia do Ministério Público Federal feita em setembro de 2017, os parlamentares seriam integrantes do núcleo político de uma organização criminosa voltada ao cometimento de delitos contra a Câmara dos Deputados, entre outros, visando "a arrecadação de propina por meio da utilização de diversos órgãos públicos da administração pública direta e indireta".

O Cidadeverde.com tentou contato com o senador Ciro Nogueira, mas não obeteve resposta. A assessoria do parlamentar informou que deve se pronunciar nas próximas horas.

O parlamentar piauiense estava em Portugal com a esposa, a deputada Iracema Portela, comemorando o aniversário de Iracema que foi ontem(23). 

Também houve busca na casa do deputado Eduardo da Fonte, em Recife, na praia de Boa Viagem. O material apreendido será levado para Brasília. Quatro policiais federais participaram da ação.

O deputado Eduardo da Fonte ainda está no Recife, informou sua assessoria de imprensa. Assessores do parlamentar disseram desconhecer detalhes da operação da PF. A previsão era de que da Fonte chegasse a Brasília na tarde desta terça-feira.

Fonte: cidadeverde.com
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru