Portal O Mandacaru

PSDB aguarda nesta terça resposta sobre renúncia de Aécio à presidência do partido

Presidente interino do partido, Tasso Jereissati, e senadores pediram a Aécio que renuncie

Créditos: G1 O senador Aécio Neves (PSDB-MG) no plenário do Senado Federal, um dia depois de o plenário ter revogado a decisão do STF que o afastou do mndatoandato (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters) O senador Aécio Neves (PSDB-MG) no plenário do Senado Federal, um dia depois de o plenário ter revogado a decisão do STF que o afastou do mndatoandato (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

PSDB aguarda para esta terça-feira (24) uma resposta do senador Aécio Neves (MG) sobre pedido para que deixe em definitivo a presidência do partido. Na última semana, senadores tucanos e o presidente interino da legenda, Tasso Jereissati (CE), se reuniram com Aécio e fizeram um apelo para que renunciasse.

Presidente titular da legenda, o parlamentar mineiro pediu licença em maio, no mesmo dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou pela primeira vez o afastamento dele do mandato parlamentar com base na delação premiada de executivos do grupo J&F.

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), o tucano pediu R$ 2 milhões como propina ao empresário Joesley Batista, um dos sócios do grupo J&F. O senador mineiro nega as acusações e afirma que o dinheiro foi um empréstimo para pagamento de honorários de advogados..

Em maio, ao se licenciar da presidência do PSDB, Aécio indicou Tasso para substituí-lo interinamente. No final de setembro, ele foi novamente afastado do Senado, mas conseguiu retomar as atividades parlamentares com o apoio do plenário, que no último dia 17 derrubou decisão do STF.

Para o PSDB, o segundo afastamento de Aécio expôs mais a legenda, e Tasso passou a defender publicamente a renúncia, sob a justificativa de que o senador "não tem condições dentro das circunstâncias de ficar como presidente do partido".

Fonte: G1
Editor: Evandro Júnior

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru