Portal O Mandacaru

SRN: "Sem dinheiro" para obras, prefeitura gasta R$ 541 mil com um único escritório de advocacia

O escritório foi contratado por meio de inexigibilidade de licitação

Créditos: Reprodução Prefeitura Municipal de São Raimundo Nonato Prefeitura Municipal de São Raimundo Nonato

A atual gestão do Município de São Raimundo Nonato, a cada dia que passa, surpreende ainda mais aqueles que se habilitam a analisar as prestações de contas do Município.

Com quase 15 (quinze meses) a frente da prefeitura, o governo "juntos em um novo tempo", muito pouco tem a apresentar a população local. A crise financeira pregada pela gestão local, parece, só existir, para algumas questões, entretanto, para outras, a suposta de falta de recursos não existe.

De outubro a dezembro de 2017, a administração municipal desembolsou, o valor de R$ 457.249,12          ( Quatrocentos e cinquenta e sete mil, duzentos e quarenta e nove reais e doze centavos)  em favor da empresa R.B de Souza Ramos para, segundo as prestações de contas, a execução de serviços de assesoria em gestão.

Ainda de acordo com os balancetes municipais, ficou inscrito em restos a pagar, para o ano de 2018, o valor de R$ 83.823,00 ( Oitenta e três mil e oitocentos e vinte e três reais), em favor da mesma empresa.

Na soma geral, o valor total chega a R$ 541.072,12 ( Quinhentos e quarenta e um mil, setenta e dois reais, e doze centavos)

Observando as notas de empenho, encontramos,também, algumas divergências entre algumas notas de empennho e as notas fiscais anexadas a eles. 

Na Nota de Empenho de Nº 1113015, no valor de R$ 65.844,40 o tomador dos serviços é a Secretaria de Administração e Finanças, porém, a Nota Fiscal que o acompanha, foi emitida em nome da Secretaria Municipal de Educação.

Da mesma forma, na Nota de Empemho Nº 1114003,o valor de R$ 55907,00, o tomador de serviços é a Secretaria de Administração, entretanto, a Nota Fiscal anexa, foi emitida em nome da Secretaria Municipal de Saúde.

O vereador Rosibal Ribeiro, no dia de hoje, em entrevista à Radio Serra da Capivara, denúnciou uma série de gastos efetuados pela administração local no ano de 2017, dando um atenção especial, à questão ora tratada.

Veja abaixo a documentação que comprova o gasto efetuado pelo Município.

Fonte: Redação
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru