Portal O Mandacaru

Wellington empossa nova administração da UESPI e descarta reajuste aos professores

Evento foi realizado na manhã de hoje, no Karnak

Créditos: Ccom Wellington Dias (PT) Wellington Dias (PT)

Em solenidade realizada nesta sexta-feira (23), no Palácio de Karnak, o governador Wellington Dias (PT) empossou os professores Nouga Cardoso Batista e Evandro Alberto de Sousa como reitor e vice-reitor, respectivamente, da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Na oportunidade o chefe do executivo estadual ainda anunciou a abertura de mais um edital da Universidade Aberta do Piauí – Uapi.

Com o discurso bem emocionado Nouga agradeceu à confiança depositada pela comunidade acadêmica, população e governo do Estado em sua gestão à frente da UESPI e garantiu que com a nova administração a instituição sofrerá mudanças significativas.

“Com a nova administração virão mudanças significativas como o aprofundamento das políticas acadêmicas de atendimento à população. Vamos aumentar também o atendimento à população com a expansão do ensino superior, financiado pelo Estado através da Uapi”, garantiu o reitor em entrevista ao AZ.

Nouga foi reconduzido à reitoria depois de vencer a última eleição institucional, realizada no mês de outubro do ano passado. Ele ficará no cargo até o ano de 2021.

Já Evandro Alberto assume pela primeira vez o segundo cargo administrativo mais alto da UESPI. O docente administrava o Campus da UESPI de Picos e chega para substituir Barbara Melo na vice-reitoria.

Educação a Distância

Na oportunidade Wellington Dias lançou mais um edital para o vestibular da Universidade Aberta do Piauí (Uapi), com a oferta de 3 mil vagas. A iniciativa foi comemorada por Dias. “Agora o Piauí se torna o primeiro estado com educação superior em todos os municípios”, destacou.

Wellington também aproveitou para elogiar os petistas Lula e Dilma Rousseff, ex-presidentes da República. “Vivenciei com Lula e Dilma o quanto é possível se abrir caminhos largos para o desenvolvimento do Brasil”, disse.

Nesta, que é a segunda fase do projeto, mais 60 pólos para a oferta de cursos a distância serão instalados no interior do estado. “Esses 60 pólos são um anseio da população que ainda não tem ensino superior”, ressaltou a diretora Adjunta do Núcleo de Educação da Universidade Estadual, Luciana Saraiva.

Também participaram do evento realizado hoje no Karnak a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias (PT); o deputado federal Assis Carvalho (PT); o reitor da Universidade Federal do Piauí, Arimatéia Lopes e o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí, Francisco Guedes.

Protesto

Membros da Associação de Docentes da Universidade Estadual do Piauí – ADCESP aproveitaram o encontro para realizarem um protesto contra o Governo do Estado. Usando um carro de som os manifestantes cobraram do executivo estadual um reajuste de 35% para todos os docentes da Universidade Estadual. O incremento foi descartado por Wellington Dias.

De acordo com Dias o aumento é inviável no momento por conta da crise financeira por qual atravessa o país. “Em abril, devemos sair do limite de responsabilidade fiscal e temos o compromisso de melhorar a remuneração da Uespi”, afirmou.

Fonte: Portalaz.com.br
Editor: Evandro Jr.

Copyright 2018 - Portal O Mandacaru